CUT divulga calendário de lutas do primeiro semestre de 2017
Reforma da Previdência afetará drasticamente as mulheres
Reforma da previdência de Temer fará trabalhadores contribuir mais e receber menos
Artigo GESEL:
Artigo GESEL:
“Nueva etapa del proceso de integración energética entre Bolivia y Brasil”
Reforma da Previdência vai retirar o direito à aposentadoria pública
aumento da desigualdade extrema
aumento da desigualdade extrema
8 homens têm mesma riqueza que metade mais pobre do mundo
Cemig é condenada a indenizar terceirizados
Reação ao saneamento como negócio
Reação ao saneamento como negócio
DENÚNCIA DE CORRUPÇÃO:
DENÚNCIA DE CORRUPÇÃO:
Envolvendo Cemig e Andrade Gutierrez tem novas evidências
Sem água e sem escolas:
Sem água e sem escolas:
Estado paulista aprofunda gestão desastrosa, criticam entidades
Governo vai privatizar 29 hidrelétricas estatais para pagar juros
Governo vai privatizar 29 hidrelétricas
O reembolso dos consórcios vencedores será realizado por meio das contas de luz, com taxas de juros a 13% ao ano.
1° Feira Nacional da Reforma Agrária
1° Feira Nacional da Reforma Agrária
o poder de produção da agricultura camponesa, é responsável por alimentar 70% da população brasileira.
Nota Técnica nº 147 - DIEESE
Nota Técnica nº 147 - DIEESE
Uma greve em defesa do Brasil!
Uma greve em defesa do Brasil!
A luta contra a privatização da Petrobrás, a defesa da vida e da soberania.
A CPI DO GENOCÍDIO:
A CPI DO GENOCÍDIO:
deve ser uma resposta contra a impunidade que impera no Mato Grosso do Sul.
Porquê apoiar a greve dos petroleiros?
Porquê apoiar a greve dos petroleiros?
A Petrobrás não atendideu as reivindicações da categoria.
MARCHA DAS MULHERES NEGRAS
MARCHA DAS MULHERES NEGRAS
Mês da Consciência Negra traz à tona o debate sobre o racismo no Brasil.
ONU critica projeto brasileiro de lei antiterrorismo
ONU critica projeto brasileiro de lei an
Relatores acreditam que o texto pode ferir liberdades individuais da sociedade.
Tragédia anunciada
Tragédia anunciada
Confira o dossiê completo elaborado pelo MAB sobre o rompimento das barragens da mineradora Samarco.
MEDIDA PROVISÓRIA nº 688, de 2015
MEDIDA PROVISÓRIA nº 688, de 2015
Dispõe sobre a repactuação do risco hidrológico de geração de energia elétrica.
Frente Povo Sem Medo
Frente Povo Sem Medo
Em São Paulo, ato reuniu mais de 50 mil pessoas.
A Vale mentiu:
A Vale mentiu:
A lama das barragens tem concentração de metais até 1.300.000% acima do normal.
Água da Vale chega com querosene
Água da Vale chega com querosene
Primeiro carregamento de água da Vale chega com querosene e é imprópria para consumo.
ODEBRECHT ELEVA PREÇO DE ÁGUA:
ODEBRECHT ELEVA PREÇO DE ÁGUA:
Para a população de baixa renda no sudeste do Pará.
ENERGIA SOLAR
ENERGIA SOLAR
BRASIL CHEGARÁ A 3 MIL MEGAWATTS EM 2018.
MARCHA DAS MULHERES NEGRAS
MARCHA DAS MULHERES NEGRAS
Em marcha histórica, mulheres negras atropelam racistas na Esplanada.
O desastre em Minas:
O desastre em Minas:
E a construção de segurança hídrica no Brasil.
Dia da Consciência Negra
Dia da Consciência Negra
A importância da luta por uma sociedade mais justa e sem racismo.
MARCHA MUNDIAL DO CLIMA
MARCHA MUNDIAL DO CLIMA
CHAMADO PÚBLICO PARA MOBILIZAÇÃO MUNDIAL PELO CLIMA – MARCHA MUNDIAL DO CLIMA.
Megaprojetos na América Latina
Megaprojetos na América Latina
Geram riqueza para acionistas e pobreza para comunidades locais.
'VALE COMANDA A APURAÇÃO DO CRIME
'VALE COMANDA A APURAÇÃO DO CRIME
QUE COMETEU CONTROLANDO POLÍTICOS, VÍTIMAS E JORNALISTAS'
Atingidos trancam entrada de Jirau em RO
Atingidos trancam entrada de Jirau em RO
Os atingidos exigem uma reunião imediata com representantes das empresas, IBAMA e Governo Federal
Leis 'frouxas', seres vivos ameaçados.
Leis 'frouxas', seres vivos ameaçados.
Renato Gaban Lima, afirma que rompimento da barragem em Mariana poderia ter sido evitado.
A catástrofe aconteceu dia 26/04/1986
A catástrofe aconteceu dia 26/04/1986
A “cidade fantasma” de Chernobil ou Chernobyl é muito famosa por ter sido palco do principal acidente nuclear do mundo.
52º dias vitoriosos!
52º dias vitoriosos!
A LUTA CONTINUA!!
Contra a privatização do setor elétrico
Contra a privatização do setor elétrico
O protesto é contra uma possível venda de distribuidoras de energia pela Eletrobras.
En bogota firmes en defensa de la soberania energetica
Não ao PLS 555
Não ao PLS 555
O polêmico PLS, que modifica o chamado "Estatuto das Estatais"
O Brasil em defesa da CELG
O Brasil em defesa da CELG
O objetivo da mobilização é impedir o governo de privatizar a CELG.
Entidades divulgam manifesto
Entidades divulgam manifesto
Em apoio às vítimas da tragédia provocada pela Samarco
MANIFESTO AOS URBANITÁRIOS
MANIFESTO AOS URBANITÁRIOS
Um golpe que é dado também contra investimentos estratégicos do país, como o Pré-sal.
No Anhangabaú, CUT, CTB, Intersindical, e movimentos reunidos nas frentes Brasil Popular e Povo Sem Medo deram o recado
Modelo energético é tema de debate no Acampamento pela Democracia
IFE - Informativo Eletrônico do Setor Elétrico
IFE - Informativo Eletrônico do Setor El
O informativo é elaborado a partir das principais notícias sobre o setor que foram publicadas em diversas fontes de informação, no Brasil e no mundo.
PRIVATIZAÇÃO RADICAL ENVOLVE CORREIOS, ELÉTRICAS E ATÉ A CASA DA MOEDA
Comissão de Infraestrutura vota compensação a usuários por queda de energia
Gás natural amplia competitividade, indica pesquisa

    Notícias

    25/06/2017
    Usinas nucleares ainda são maior fonte de energia "limpa" na Europa e nos EUA
    Por: ALEXANDRE MANSUR

    OK. Existe um grande debate se a energia nuclear pode ser considerada limpa. Afinal, além da poluição associada à mineração do urânio, há o problema ainda insolúvel dos rejeitos radioativos por milhares de anos. Sem falar no risco de acidentes, como lembrou a tragédia em Fukushima, no Japão.

    Mesmo assim, as usinas nucleares não emitem gases de efeito estufa diretamente. São uma forma de gerar eletricidade sem aumentar as emissões responsáveis pelas mudanças climáticas. Países da Europa, os Estados Unidos e outros contam com a fissão nuclear para abastecer a rede elétrica nos níveis atuais de emissões.

    Agora, um alto executivo da Agência Internacional de Energia lembrou que o descomissionamento das usinas nucleares da Europa e dos EUA a partir de 2020 ameaça o cumprimento das metas para redução nas emissões. A não ser que os países construam novas usinas (o que leva tempo e custa caro) ou expandam o uso de energia renovável (o que parece estar ocorrendo mas não na velocidade desejada).

    >> Existe energia nuclear verde?

    Sim. No caso americano, é verdade que o presidente disse que não ia honrar meta nenhuma de redução nas emissões e que estava abandonando o esforço do resto do planeta para equilibrar o clima. Mas muitos governos estaduais e grandes empresas do país afirmaram que vão manter os compromissos. E oficialmente não há como sair do Acordo de Paris.

    Segundo a Agência Internacional de Energia (IEA na sigla em inglês), a eletricidade gerada pelas nucleares na Europa e nos EUA é hoje equivalente a três vezes o que vem das usinas solares e eólicas. Acontece que a maioria dos reatores foi construído nos anos 1970 e 1980. Eles devem chegar ao fim da vida útil por volta de 2020.

    Se uma usina nuclear funciona em média 8 mil horas por ano, contra as 1,5 a 2 mil horas de uma usina solar, os governos precisam expandir os investimentos para substituir as nucleares aposentadas e cumprir as metas de descarbonização, alertou Laszlo Varro, economista chefe da IEA. Segundo ele, de tudo que foi investido em energia renovável, 20% do potencial de geração foi absorvido pela perda das nucleares que desativadas no mesmo período.

    A dependência na energia nuclear é um assunto delicado para o movimento ambiental. Alguns admitem que elas fazem parte do mix de soluções para escapar das tragédias climáticas. Outros acreditam que é necessário e possível reduzir as emissões poluentes sem elas.